21.10.2014

Roupas de Maternidade para a Mãe

Looks e Beleza, To Grávida

Passamos a gravidez inteira organizando todos os preparativos para receber nosso bebê… Aí, na reta final, no meio da arrumação da malinha da maternidade, lembramos que temos a NOSSA mala para fazer!!! kkkk

E então vem a dúvida, que roupa usar no hospital? É importante estar confortável e ter facilidade para amamentar, mas ao mesmo tempo queremos ficar bem para receber as visitas, né?!

Uma ótima sugestão é colocar um kimono de tecido leve, que não amasse, por cima de uma camisola neutra com abertura/facilidade para amamentação. Fica lindo e é super prático! A dica do kimono é boa também para usar na reta final da gravidez quando nada mais cabe, com uma blusa básica por dentro…E ainda dá para aproveitar depois ;-)

Muitas vezes também já temos em casa opções de calças confortáveis (moleton, algodão, leggings) e blusas com botões. Mas, para quem busca peças novas, fizemos uma seleção linda de pijaminhas e kimonos que preenchem todos esses requisitos. Confiram! ❤

 

joge_maternidade

Pijama manga curta – Jogê

 

joge_pij

Pijama manga longa – Jogê

 

casaco trousseau

Casaco bicolor – Trousseau

camiseta trousseau

Regata – Trousseau

legging trousseau

Legging – Trousseau

kimono asos p&b

Kimono preto e branco – Asos

kimono asos preto

Kimono florido – Asos

19.10.2014

Filmagem e fotografia de Parto

Parto, registros especiais

Um dos nossos primeiros posts aqui do blog foi sobre o registro do dia em que a Luisa chegou ao mundo (quem ainda não viu acessa aqui!). Um momento especial que foi registrado em vídeo, com toda a emoção de quem estava lá no dia. ;-)

Hoje em dia é muito comum ver casais que fazem super ensaios profissionais antes e depois da chegada do bebê, mas muitas vezes as fotos do parto em si acabam ficando improvisadas. O que é bacana também, pois o importante mesmo é o registro, né?!

Mas para quem pensa em registrar o parto com algum profissional, temos visto trabalhos delicados e lindos, tanto de foto como de vídeo. Afinal, é preciso ser um fotógrafo sensível para acompanhar esse momento tão intenso, único e emocionante.

Dica: Converse com pessoas que tiveram filhos no mesmo hospital em que você vai ter seu bebê para ver direitinho como é o trabalho que eles oferecem para registrar o parto! É muito importante que você se sinta confortável com a presença de um fotógrafo na hora.

Vejam que lindas essas fotos que selecionamos, dá pra sentir a energia e a emoção da hora do parto! Demais!

FH9A1141

FH9A1180

FH9A1241

(Fotos: Tatiana Mesquita Fotografia)

PARTO2

PARTO1

PARTO

(Fotos: AR Fotografias)

parto4

parto8

parto5

parto9

parto7

parto6

(Fotos: Pinterest)

17.10.2014

Ligeiramente Grávida(o) – @eupapai

Ligeiramente Grávida, To Grávida

Quando um homem se sente realmente pai? A cada dia, durante os 9 meses, nós mulheres vamos aumentando a sensação de ser mãe… mas e eles? Se toda a atenção fica voltada para a barriga da mãe e o bebê, onde eles ficam nessa história?!? rs

Decidimos abrir hoje esse espaço para saber as reações deles! E para inaugurar a versão masculina do “Ligeiramente Grávida” convidamos um papai de primeira viagem que adoramos e está fazendo um super sucesso no Instagram, o @eupapai. No meio de tantos perfis de mamães, o @eupapai mostra o ponto de vista do homem sobre a maternidade. Curtimos muito esse perfil!

Leiam que lindo esse relato dele sobre a descoberta da gravidez da mulher e as emoções da paternidade! Ahh e mostrem para os papais! ;-)

eupapai_4

Confesso: estou sem graça de estar aqui. Uma coisa é escrever feito um maluco no @eupapai. Outra coisa é inaugurar um espaço num blog tão querido como o Cheguei ao Mundo.

Depois de sem graça, estou com um friozinho na barriga. O que pode ser interessante ou que de verdade agregue algo para quem está lendo este texto? Vou tentar. Breve e objetivo, como diria meu pai.

Sempre fui bastante planejado. A gravidez não foi diferente: 3 anos após o casamento era hora. A certeza fica ainda maior quando se tem segurança de que você encontrou a pessoa certa. Eu encontrei quase que por acaso. Que sorte eu tive.

Mergulhar no universo da paternidade é começar a ver crianças por todos os lados. Ser mais impactado do que nunca por propaganda de produtos para bebê. É ouvir um milhão de vezes “aproveita pra dormir”. É querer acompanhar cada mudança no corpo da sua esposa e cada mudança dentro da sua cabeça. Aliás, este aprendizado, essa nova visão que se tem do mundo não é só discurso, mas sim o maior legado que se pode ter ao se decidir ter um bebê.

A descoberta que viria um João Pedro ao mundo foi emocionante. Não resistimos e fizemos o teste sanguíneo com apenas 8 semanas. Viria o primeiro neto do meu sogro, fazendeiro, pai de três meninas. O trator agora teria um herdeiro.

Apesar de às vezes me pegar escrevendo coisas um tanto quanto emotivas, somos um casal muito prático. Acredito que isso tenha nos ajudado bastante na gravidez. Sem neuras, tentando evoluir a cada semana com sabedoria. Isso foi fundamental para uma “hora h” tranquila.

Então, ele veio. E morri de amores? Não. Era estranho. Tínhamos acabado de nos conhecer apesar de já termos trocados palavras e chutes por tantas vezes. Essa é uma culpa que ninguém precisa carregar. Ninguém é obrigado a virar a botão ON do amor de uma hora para outra. O pai, especialmente, pode ter certeza que é o convívio que vai fazer essa relação evoluir de verdade.

Ser pai é evoluir como ser humano, saber dar o devido peso às coisas, é entender o que realmente importa, é querer conquistar a cada dia um espacinho mais especial na vida daquele pequeno. É admitir que dificilmente você amará 100% seu filho porque vai descobrir que a cada dia que passa dá para ir um pouco além.

@eupapai

eupapai_3

eupapai_2

eupapai

Page 1 of 6912345